Vídeo 1 – Novo Conceito de Extratos Vegetais

12/11/2021

A ABIFISA preparou uma série de vídeos para colaborar com as discussões sobre a atualização das normas de Fitoterápicos. O primeiro vídeo da série trata do novo conceito para extratos vegetais.

Inscrevam-se em nosso Canal no Youtube, acompanhem o vídeo em nossas mídias sociais (Youtube, Linkedin, Instagram e  Facebook,) e divulguem aos seus contatos, para que possamos levar esta informação ao maior número de pessoas!

A relevância da atualização das normas de fitoterápicos vem sendo discutida há cerca de 10 anos, tanto pelas indústrias, quanto pela agência reguladora, Anvisa, e já é consenso no setor.

A ABIFISA tem se dedicado muito a este tema, foi responsável pelo estímulo à discussão em 2012 e mais recentemente ao retorno do tema em 2020, o qual se intensificou em 2021.

Em junho realizou o Workshop Atualização das normativas de Fitoterápicos, no qual foram tratados os conceitos que estão sendo discutidos e sugeridos para a esta categoria de produtos. 

Há alguns anos e cada vez mais nós temos acompanhado discussões trazidas pela Anvisa, que objetivam maior convergência regulatória, que é um movimento de alinhamento técnico internacional que leva em consideração melhores práticas, princípios e padrões reconhecidos internacionalmente no processo de regulamentação.

É este movimento que estamos vivenciando neste momento para os Fitoterápicos. E com isso, obviamente, queremos garantir coerência técnica, maior visibilidade e oportunidades para o setor produtivo e toda a cadeia que o sustenta.

A revisão de aspectos regulatórios relacionados à produção e controle da qualidade de Fitoterápicos (IN 4/2014 e partes específicas da RDC 26/2014) é tema da Agenda Regulatória 2021-2023 da Anvisa, e portanto, é um tema regulatório prioritário dentro dos objetivos estratégicos da Agência. Esta revisão passará por Análise de Impacto Regulatório e Consulta Pública, o que deve ocorrer em breve.  

As possibilidades e oportunidades sobre medicamentos oriundos das espécies vegetais, especialmente no nosso país, devido à riqueza e imensidão de nossos biomas, são gigantescas e seu apoio é fundamental!

Gostou da notícia? Compartilhe com um colega!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *